Gildo Tavares Profile Photo
1955 Gildo 2024

Gildo Tavares

September 30, 1955 — February 18, 2024

Gildo Pereira Tavares

September 30, 1955 – February 18, 2024

On February 18, 2024, after a valiant 3-year battle with his declining health and surrounded by abundant love from his family, Gildo Pereira Tavares, passed away peacefully in his home in Orlando, Florida.

Gildo was born on September 30, 1955, in Aventureiro (Aimorés), Minas Gerais, Brasil, to Jose Tavares de Castro and Maria de Lourdes De Castro (Pereira). Gildo was the first grandson and was named after his two grandfathers, Hermenegildo and Manoel.

He met his wife, Alice Castro, in Ananás, Tocantins where he went to work for a sawmill with his cousin. After Alice and Gildo married, they relocated to Baixo Guandu, Jacaraipe, Chicago and then Orlando. They had two sons, Mayk and Bruno, and one grandson, Kauã. His sons remember him as, “the best Man they ever knew”.

Gildo was a loving husband, father, brother, father-in-law, brother-in-law, uncle, friend, and grandfather. Gildo was a loyal, honest, hardworking, and generous man. He touched many lives and helped as often as he could. Even through his declining health, he worked until the last month of his life, during 3-years of a long health battle.

Gildo enjoyed spending time with his family. He would often call and check in on his siblings to catch up on all the news of their own families and children.

Gildo was a man of simple pleasures. He loved to travel, fish with his friends and to share a cup of coffee with his siblings. He enjoyed even more a bowl of delicious ice cream, “uma artinha”, that he probably wasn’t supposed to have. He also enjoyed playing the lotto, “fazer uma fezinha”.

A man of many talents, an epic grill master, he enjoyed hosting BBQs for his family and friends. He made the best picanha, pão de alho, and caipirinha. All were always welcome at his house. He always showed up with pizza or picanha as a gift. One would have been so lucky to have known him and got to sit at his table.

He was a master automotive mechanic for decades. He could tell you something was off just by listening to your car. He loved working with his hands and knew how to fix just about anything. He always hardworking, he knew construction and did everything from working in a sawmill to working in a pharmacy.

Gildo was preceded in death by his parents and his two brothers Elias and Ronaldo. He leaves behind his beloved wife of 45 years, Alice Castro (64), his sons Mayk Orioni de Castro (42) and Magnun Bruno Da Silva Castro Caseiro (41), his grandson Kauã Massariol Caseiro Castro (14), his daughter-in-law, Leila Massariol Caseiro Castro (49), his four sisters (Maria Do Carmo, Noemi, Eliani, and Luciana), his two brothers (Aecio and Reinaldo) his six sister-in-laws (Silvia, Gilvania, Rovena, Francinete, Socorro, and Teresa), his four brother-in-laws (Carl, Thomas, Raimundo and Jao Luis), and his 47 nieces and nephews.

Arrangements are made with Collison Carey Hand Funeral Home.

“What you leave behind is not what is engraved in stone monuments but what is woven into the lives of others.”

— THUCYDIDES

“When a great man dies, for years the light he leaves behind him lies on the paths of men.”

— HENRY WADSWORTH LONGFELLOW

==================================================================


Em 18 de Fevereiro de 2024, após uma valente batalha de 03 anos contra o declínio de sua saúde e cercado pelo amor abundante de sua família, Gildo Pereira Tavares faleceu em paz em sua casa em Orlando, Flórida.

Gildo nasceu em 30 de Setembro de 1955, em Aventureiro (Aimorés), Minas Gerais, Brasil, filho de José Tavares de Castro e Maria de Lourdes De Castro (Pereira). Gildo foi o primeiro neto e recebeu o nome de seus dois avôs, Hermenegildo e Manoel.

Conheceu a sua esposa, Alice Castro, em Ananás, Tocantins, onde foi trabalhar em uma serraria com seu primo. Depois de casados deixaram Ananás para morar em Baixo Guandu, Jacaraípe, Chicago e por último, em Orlando, deixando pra trás o frio congelante de Chicago. Eles tiveram dois filhos, Mayk e Bruno, e um neto, Kauã. Seus filhos se referem a ele como sendo “o melhor homem que já conheceram”.

Gildo era um marido, pai, irmão, sogro, cunhado, tio, amigo e avô amoroso. Gildo era um homem leal, honesto, trabalhador e generoso. Ele tocou muitas vidas e ajudou sempre que pôde. Mesmo com a saúde debilitada, ele

trabalhou até o último mês de vida, mesmo após 03 anos de luta com sua saúde.

Ele gostava de estar com a família, que sempre foi muito importante para ele, e estava sempre presente. Com frequência, telefonava para os seus irmãos e irmãs, querendo ter notícias de suas famílias e filhos, cuidando e preservando a união da família.

Era um homem de prazeres simples, adorava viajar, pescar com os amigos, ou tomar um café com os irmãos. Não abria mão do prazer de tomar uma taça de um delicioso sorvete: “uma artinha”, como ele mesmo dizia, já que teoricamente não poderia tomar, mas que bom que ele tomou os seus sorvetes. Ele também não deixava de “fazer uma fezinha”, jogar na loteria, amava.

Um homem de muitos talentos, um mestre churrasqueiro fenomenal. Gostava de organizar muitos churrascos, sempre com a família e amigos, a alegria era sempre garantida. Ele preparou a melhor picanha, pão de alho, e caipirinha, e todos eram sempre bem-vindos a sua casa.

Pizza ou picanha eram os presentes que ele gostava de dar, muita sorte daqueles que tiveram a chance de conhecê-lo, de sentar-se à sua mesa, e desfrutar de tanto acolhimento.

Ele foi um mestre em mecânica automotiva por décadas, era tão bom nisso, que poderia dizer que algo estava errado apenas ouvindo seu carro. Ele adorava trabalhar com as mãos e tinha habilidade para consertar quase tudo que aparecia. Impressionava a todos saber das suas diversas facetas profissionais, conhecia sobre construção civil, serrarias de madeira, e até farmácia.

Ele deixa sua amada esposa, companheira por 45 anos, Alice Castro (64), seus dois filhos: Mayk Orioni de Castro (42) e Magnun Bruno Da Silva Castro Caseiro (41); seu neto Kauã Massariol Caseiro Castro (14), sua nora Leila Massariol Caseiro Castro (49), suas quatro irmãs (Maria Do Carmo, Noemi, Eliani e Luciana), seus dois irmãos (Aécio e Reinaldo), suas seis cunhadas (Silvia, Gilvania, Rovena, Francinete, Socorro, e Teresa), seus quatro cunhados (Carl, Thomas, Raimundo e João Luis) e seus 47 sobrinhos e sobrinhas. Gildo agora foi ao encontro dos seus pais e seus dois irmãos, Elias e Ronaldo.

Todos sentiremos muitas saudades.

A casa funerária Collison Carey Hand é a responsável pelo serviço funerário.

“O que você deixa para trás não é o que está gravado em monumentos de pedra, mas o que está presente na vida dos outros.”

- TUCIDIDES

“Quando um grande homem morre, durante anos a luz que ele deixa permanece nos caminhos dos homens.”

- HENRY WADSWORTH LONGFELLOW

In lieu of flowers, a contribution in memory of Gildo is appreciated.

GoFundMe - In Memory of Gildo Tavares

Service Schedule

Past Services

Memorial Service

Saturday, February 24, 2024

5:00 - 6:00 pm (Eastern time)

Collison Carey Hand Funeral Home

1148 E Plant St, Winter Garden, FL 34787

Get Directions

Enter your phone number above to have directions sent via text. Standard text messaging rates apply.

Guestbook

Visits: 178

This site is protected by reCAPTCHA and the
Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Service map data © OpenStreetMap contributors